>

Entre dois mundos: um poema que inspira a ação contra a escravidão moderna

23 Agosto 2019

O poeta malaio Nazreen Mohamad lê seu marcante poema “Entre dois mundos”, com a empregada doméstica filipina Rizalina Miranda acompanhando-o ao piano.

©lisakristine.com

Mais de 40 milhões de pessoas vivem em situação de escravidão moderna, incluindo 25 milhões em trabalho forçado. Mas o que esses números realmente significam? Iluminando as sombrias condições de trabalho dos que estão submetidos ao trabalho forçado, os dois artistas colaboram para contar uma história pessoal de uma mãe e uma filha presas em um círculo vicioso de pobreza e exploração. O poema traça toda o percurso de como as pessoas são vítimas dos traficantes e são escravizadas.

No final, o poema convida todos a agir contra a escravidão moderna, assim como o salvador do poema que se recusou a ficar inerte. “… Isso foi somente uma pessoa. Imagine o que todos nós podemos fazer juntos.”

Assuma hoje o compromisso e junte-se ao movimento contra a escravidão moderna na “50 For Freedom”.

Este vídeo foi produzido pelo Projeto Liber8, com o apoio da Organização Internacional do Trabalho e o projeto Bridge financiado pelo USDOL.

“O Project Liber8 é uma organização sem fins lucrativos que visa mudar atitudes e comportamentos para a questão do tráfico e exploração de pessoas através da mobilização de jovens, educação pública, tecnologia, pesquisa e criação de fortes parcerias.”