A escravidão moderna: mitos e fatos

A escravidão moderna está em toda parte, mas passa despercebida pela maioria de nós. Descubra a verdade por trás desses mitos e participe da campanha para acabar de vez com a escravidão moderna.

MITO: A escravidão é coisa do passado

FATO: Apesar de ter raízes antigas na história, a escravidão existe ainda hoje em muitas formas. Tráfico de seres humanos, servidão por dívida e trabalho doméstico forçado são apenas alguns exemplos. Mas isso não significa que ela seja inevitável. Um esforço coordenado entre os governos e os ativistas ao redor do mundo pode contribuir para acabar com a escravidão moderna de uma vez por todas. Este é o propósito do Protocolo da OIT sobre trabalho forçado.

MITO: Relativamente poucas pessoas são vítimas de escravidão moderna.

FATO: Hoje existem mais pessoas em situação de escravidão do que em qualquer outro momento da história. Há mais de 25 milhões de crianças, mulheres e homens vivendo em situação de escravidão moderna, o equivalente a 3 em cada 1.000 pessoas no mundo. Se todos vivessem em uma única cidade, ela seria uma das maiores cidades do mundo.

Fontes:

MITO: A escravidão moderna existe apenas em países em desenvolvimento.

FATO: A escravidão moderna está em toda parte. Existem mais de 1,5 milhões de pessoas que trabalham em condições análogas à escravidão na Europa, na América do Norte, no Japão e na Austrália.

Fontes:

MITO: O tráfico sexual representa a maioria dos casos de escravidão moderna.

FATO: A maior parte das pessoas vítimas da escravidão moderna trabalha em indústrias como agricultura, pesca, construção, confecção têxtil, mineração, serviços e trabalho doméstico. Cerca de uma em cada cinco pessoas são vítimas de exploração sexual.

MITO: A escravidão moderna não é uma grande fábrica de dinheiro

FATO: A escravidão moderna é um grande negócio. Um estudo recente da OIT estimou que a escravidão moderna gera mais de 150 bilhões de lucro todos os anos, o equivalente à soma dos lucros das quatro empresas mais rentáveis do mundo.

Fontes:

MITO: A escravidão moderna não me afeta.

FATO: A escravidão moderna afeta todo mundo. Mesmo que você não seja uma vítima da escravidão moderna, você é afetado por ela. As empresas, por exemplo, enfrentam a concorrência desleal de companhias sem escrúpulos, que se beneficiam dos lucros da escravidão moderna. Isso pode levar à redução de salários ou ao corte de benefícios. Além disso, os governos perdem receitas tributárias valiosas e tem que arcar com altos gastos legais para processar casos de escravidão moderna. Estes recursos poderiam ser investidos em serviços públicos como educação, saúde ou transporte público.

MITO: A maior parte do lucro da escravidão moderna é gerada em países em desenvolvimento

FATO: O lucro anual por vítima de trabalho forçado é muito mais alto em países desenvolvidos e na União Europeia do que em qualquer outra parte do mundo.

Fontes:

MITO: Não há muito que eu possa fazer para ajudar as pessoas que são vítimas da escravidão moderna.

FATO: Você pode contribuir na luta contra a escravidão moderna. Cabe aos governos adotar e aplicar a legislação, proteger seus cidadãos e ratificar o protocolo. Você pode se certificar de que isso aconteça ao demonstrar seu interesse.

  1. Inscreva-se para participar da campanha 50forFreedom.
  2. Convide pelo menos dois amigos para participarem também.
  3. Peça aos seus representantes políticos para apoiarem o Protocolo sobre o trabalho forçado.

Consulte o guia prático da campanha para descobrir como você pode nos ajudar.

lisakristine.com

 

COMPARTILHE O QUE VOCÊ APRENDEU